Notícia

29 set Ação marca o Dia Mundial do Coração

Clique na imagem para amplia-la

Atividades foram realizadas na Escola Estadual Humberto Castelo Branco

No dia 29 de setembro, comemora-se o Dia Mundial do Coração.  Para marcar essa data tão especial, a Sociedade Brasileira de Cardiologia – Pernambuco promove, com o apoio do Real Hospital Português e da Secretaria de Educação do Estado, uma ação centralizada na Escola Estadual Humberto Castelo Branco, em Teijipió.  Alunos da própria instituição de ensino e de outras unidades próximas vão se encontrar com um grupo de profissionais de saúde para a realização de algumas atividades.

A programação inicia às 7h30 com a apresentação do grupo de estudantes da Escola Alberto Torres, que fará uma apresentação musical. Na sequencia, os cardiologistas Dra. Diana Lamprea (representante do Funcor em Pernambuco) e Dr. Paulo Sérgio de Oliveira (presidente da SBC-PE) vão fazer uma apresentação sobre a saúde do coração, a nutricionista Elizabeth Barbosa vai destacar a importância de uma alimentação saudável, e o psicólogo Celestino Maciel Pedrosa Júnior fechará o momento de palestras.

Depois, todos vão para a Estação do Coração, onde a equipe multidisciplinar do Ambulatório de Beneficência Maria Fernanda do RHP e da SBC-PE irá aferir a pressão arterial, o peso e a glicemia, além de passar informações básicas sobre primeiros socorros.  Às 10h30, será o momento do lanche saudável, no qual serão destacados os alimentos amigos do coração.  Após o lanche, os estudantes vão apresentar os trabalhos que desenvolveram ao longo desta semana tendo como temática o coração. Fechando as atividades, uma aula de zumba, reforçando a importância do exercício para o coração.

“Acreditamos que agindo diretamente junto aos jovens, conseguimos alerta-los para os problemas cardíacos e, ao mesmo tempo, transforma-los em replicadores dessas informações em suas famílias e grupos de amigos”, explica a médica Diana Lamprea. As atividades fazem parte da campanha nacional da Sociedade Brasileira de Cardiologia, intitulada #SetembroDoCoração.

As doenças cardiovasculares, afecções do coração e da circulação representam a principal causa de mortes no Brasil. No período de 2004 a 2014, foram responsáveis por 3.493.459 óbitos, 29% do total, uma morte a cada 40 segundos em nosso meio. As doenças cardiovasculares causam o dobro de mortes que aquelas devidas a todos os tipos de câncer juntos, 2,3 vezes mais que as todas as causas externas (acidentes e violência), três vezes mais que as doenças respiratórias e 6,5 vezes mais que todas as infecções incluindo a AIDS. O alerta, a prevenção e o tratamento adequados podem reverter essa grave situação.