Notícia

24 abr Ação no Compaz realiza parecer cardiológico gratuito e lembra Dia Mundial da Atividade Física

Célula C, projeto integrado de cardiologia materno fetal e infantil instalado no Hospital Português, enfatiza importância do exame para afastar riscos

Abril marca o Dia Mundial da Atividade Física, celebrado no dia seis, mas lembrado o mês inteiro pela Sociedade Brasileira de Cardiologia. No Recife, a Célula C, projeto integrado de cardiologia materno fetal e infantil sediado no Hospital Português de Beneficência em Pernambuco, inicia na próxima quinta-feira (26/04) uma ação voltada para o público infantil nas duas unidades do Compaz, que reúnem um grande número de crianças em diversas atividades esportivas, como natação, futebol, judô, ballet.
 
O objetivo é realizar gratuitamente o parecer cardiológico nas crianças, exame necessário para a prática de qualquer atividade física. No Compaz Ariano Suassuna, no bairro do Cordeiro, a ação será realizada no dia 26 de abril. Já no Compaz Eduardo Campos, no Alto Santa Terezinha, será no dia 03 de maio. Nos dois dias, a programação tem início às 8h com uma atividade lúdica e educativa para as crianças e de orientação também para as famílias. Haverá uma apresentação com músicas educativas, filmes e data show. Já os exames serão realizados por cardiologistas da equipe e residentes da cardio pediatria. O laudo será entregue no mesmo dia e as crianças diagnosticadas com qualquer necessidade de novos exames ou tratamento serão encaminhadas diretamente para atendimento gratuito no Círculo do Coração.
A ação também faz parte de uma iniciativa de orientação em saúde da Célula C. Com o tema "
O coração do seu super-herói preferido merece atenção especial", a ideia é enfatizar a importância da realização do exame, muitas vezes negligenciado e esquecido pelas famílias com esclarecimento e condições financeiras de realizar o exame na rede particular ou por meio dos planos de saúde. 
Contemplando os braços da assistência médica em saúde, a Célula C oferece os exames na Unidade de Cardiologia Materno Fetal (UCMF) de forma privada e por meio da rede conveniada de saúde. De maneira  filantrópica, o serviço é igualmente realizado pelo Círculo do Coração (Circor). Em ambos os atendimentos, a garantia do trabalho em excelência, cuidado, afetividade e compromisso ético e humano com a vida.
 
 
Saiba quando a criança precisa fazer o parecer cardiológico:
 
- antes de iniciar uma atividade física;
- quando vai ser submetida a algum procedimento cirúrgico;
- após suspeita ou diagnóstico de febre reumática (*);
- se na história ou exame físico, o pediatra suspeitou de uma doença cardíaca;
- se a criança vem de uma família com história de outros 
problemas congênitos;
- se apresenta fatores de risco para doença coronariana;
- se vem apresentando sintomas sugestivos de doença cardíaca.
 
(*) A febre reumática é uma complicação da amigdalite causada pelo estreptococo beta-hemolítico do grupo A, uma bactéria responsável por cerca de 20% das amigdalites em crianças. Nem todas a pessoas com amigdalite por estreptococo beta-hemolítico do grupo A estão em risco de evoluírem com febre reumática. Mas antes de ter o primeiro episódio, ninguém sabe quem está em risco e portanto é necessário o tratamento de toda criança com amigdalite.
Para que ocorra a febre reumática, é necessário a associação de três fatores:
- uma infecção de garganta causada pelo estreptococo;
- o não tratamento da infecção com o antibiótico adequado e o tempo correto de uso;
- uma predisposição genética individual.