Notícia

16 ago Fórum discute temas importantes do direito médico

Evento realizado pelo Hospital Português e Esmape acontece nos dias 17 e 18 de agosto

O Real Hospital Português e a Escola Judicial de Pernambuco - Esmape promovem, nos próximos dias 17 e 18 de agosto, no Salão Nobre do RHP, o II Fórum de Direito Médico. Desembargadores, juízes, procuradores, advogados e médicos de diversas especialidades irão debater assuntos polêmicos que transitam entre as áreas do Direito e da Medicina.

A abertura do evento contará com as presenças do Provedor do RHP, Alberto Ferreira da Costa, do presidente do TJPE, desembargador Leopoldo de Arruda Raposo, do presidente da Esmape, desembargador Eurico de Barros Correia Filho, do presidente do Cremepe, André Dubeaux, e da diretora médica do Hospital Português, Maria do Carmo Lencastre.

            O primeiro painel irá discutir o tema Judicialização e Sustentabilidade sob as perspectivas do advogado Eduardo Dantas e do médico Guilherme Robalinho. O segundo painel irá apresentar a Relação de Oferta e Demanda de Leitos do Estado, tendo como debatedores a procuradora Catarina de Sá, a cirurgiã e gerente SUS do RHP, Luciene Lima, e o juiz Mozart Valadares, do Comitê Estadual de Saúde do TJPE. Finalizando os debates do primeiro dia, a juíza Ana Cláudia Brandão e a cardiopediatra Sandra Mattos irão falar das Implicações Ético Jurídicas da Reprodução Humana.

            No dia 18, o encontro inicia-se trazendo o polêmico tema Uso Terapêutico de Cannabis, com participação do juiz Teodomiro Noronha e da anestesista Ana Karla Arraes. Na sequência, serão discutidas as Fases da Pesquisa Científica e o Uso Off Label pelo desembargador Jones Figueiredo e o chefe do Serviço de Transplante Renal do RHP, Frederico Cavalcanti. Tratamento Vital, Cuidados Paliativos, Home Care e Desospitalização formam o sexto painel, tendo como debatedores o juiz Saulo Ferreira e o geriatra e paliativista Douglas Crispin. Encerrando os trabalhos, haverá a conferência Responsabilidade Civil por Erro Médico, ministrada pela presidente da Academia Brasileira de Direito Médico, Sandra Regina Franco.